Mopho

Biografia

A banda Mopho, que teve sua origem no interior de Alagoas, fez sua estreia em disco no ano 2000, quando lançou pelo selo independente paulistano Baratos Afins seu álbum de estréia, 'Mopho'. Essa estreia foi positiva, o disco foi celebrado por diversas publicações e a banda marcou presença em festivais voltados para a cena musical independente, como Abril pro Rock e Porão do Rock.

João Paulo (vocais, guitarra) e Junior Bocão (baixo) deram os primeiros passos no final dos anos 1980, tocando cover dos Beatles, na cidade de Arapiraca, conhecida no nordeste pela sua produção de fumo. Mas o Mopho, que inicialmente se chamava Água Mineral, surgiu na segunda metade da década de 1990, quando João Paulo já morava em Maceió. Depois de fitas e cds demos, e shows locais, a banda formada por João Paulo (vocais, guitarra, violão), Júnior Bocão (baixo), Leonardo (vocais, teclados) e Hélio Pisca (bateria) gravaram em 1999 o citado primeiro disco que traz preciosidades psicodélicas como "Uma leitura mineral incrível", "Nada vai mudar", "A carta", "Tão Longe" e a quase hit "Não mande flores". Mutantes, Beatles, Pink Floyd e Byrds foram algumas das influências da banda.

Apesar da boa recepção ao disco de estreia, os integrantes da banda acabaram se separando. Junior Bocão e Hélio Pisca formaram um grupo chamado Casa Flutuante. João Paulo reformulou o Mopho e em 2004 lançou o segundo álbum, 'Sine Diabolo Nullus Deus', pela Baratos Afins.

Com constante mudanças na formação, a banda prosseguiu tendo João Paulo à frente e uns longos hiatos entre seus lançamentos. Em 2011, o Mopho lançou 'Volume 3' pela Pisces Records. Um novo álbum, intitulado 'Brejo', saiu em 2017.

Álbuns Em Destaque

Brejo

2017 | Álbum

Volume 3

2011 | Álbum

Mopho

2000 | Álbum

Posts Relacionados