Cover: Lucy Dacus – “Tom Courtenay” (Yo La Tengo)

Cover: Lucy Dacus – “Tom Courtenay” (Yo La Tengo)

Cantora escreveu ensaio sobre ‘Electr-O-Pura’

Em 4 de setembro, a Matador Records lançará uma edição comemorativa dos 25 anos do álbum ‘Electr-O-Pura’ do Yo La Tengo. Para divulgar esse relançamento, o selo compartilhou uma versão intimista da faixa “Tom Courtenay” interpretada pela jovem cantora Lucy Dacus, artista da casa.

Lucy Dacus,que coincidentemente nasceu no dia do lançamento de ‘Electr-O-Pura’, 2 de maio de 1995, escreveu um ensaio sobre sua descoberta do Yo La Tengo e, em especial, do disco citado’.

Eu nasci em 2 de maio de 1995, o dia em que o ‘Electr-O-Pura’ foi lançado.

Quatorze anos depois, eu comecei o ensino médio e fiz um novo amigo que usava jaqueta de couro e botas, que expressava opiniões confiantes sobre música que eu nunca tinha ouvido. Devorei todas as recomendações que me deram, em um esforço para alinhar meus gostos. Eu queria ser legal, ou pelo menos não ser legal. Descobri The Stooges, Philip Glass e Sonic Youth através do meu esforço para obter a aprovação deles. Adorei tudo, e meus pais odiavam todas as novas descobertas. Ser cool estava em alta.

Um dia, meu amigo me trouxe uma pilha de CDs, todos do Yo La Tengo, e me disse para levá-los para casa, ouvi-los, gravá-los e devolvê-los. Eu fiz o que me disse. Gostei desses discos desde o início, e mais a cada audição. Eu estava deitado na cama ouvindo um dos discos deles, pausando a música que estava ouvindo quando estava cansado demais e pressionando o play ao acordar.

Lembro-me da minha confusão ao ouvir ‘Electr-O-Pura’ pela primeira vez. Mencionei a tracklist na parte de trás do CD para aprender títulos, mas a duração da música impressa não correspondia ao que eu estava ouvindo. Gostaria de saber se havia algum erro de fabricação ou não estava ouvindo as músicas que deveria ouvir. "Flying Lesson (Hot Chicken #1)" é listada como durando pouco mais de três minutos, quando realmente é 6:42. "Blue Line Swinger" diz que são 3:15, mas na verdade é 9:18. Agora, ao investigar, sei que Yo La Tengo intencionalmente imprimiu os tempos, tentando combater períodos curtos de atenção, esperando que enganassem as pessoas a dar uma chance a essas músicas longas. Isso me enganou, embora eu seja uma idiota por músicas longas de qualquer maneira. É interessante pensar em como esse movimento não poderia ser realizado hoje em um mundo de música digitalizada. E se as pessoas tinham pouco tempo de atenção, então, quão baixos são agora? Tudo para dizer, gostei que eles fossem brincalhões.

O que me fez voltar a Yo La Tengo foi a compreensão deles sobre o humor. Ouvi bandas que expressavam raiva, bandas que expressavam tristeza, mas não conhecia outras bandas que pudessem expressar uma gama completa de modos de vida da maneira que eles podem. De música para música, a música era ansiosa, comemorativa, triste, contente, confusa, etc. E mesmo quando ficavam barulhentas ou dissonantes, nunca pareciam hostis. Os sons podiam ser severos, até feios, mas eram alegres. Algumas músicas poderiam me fazer chorar, mas eram gentis, não malévolas. Eu estava assumindo o gosto de outra pessoa e, no processo, descobrindo o meu.

"Tom Courtenay" foi a primeira música de Yo La Tengo que aprendi na guitarra. Eu não sabia o que significava, mas sabia quem Julie Christie era e amava a frase: “As the music swells somehow stronger from adversity / our hero finds his inner peace”. Eu não sabia que significado tinha, mas não conseguia parar de pensar nisso. Era como qualquer bom poema, deixando espaço para mim, entre imagens. Agora, acho que a música pode ser sobre obsessão com a mídia, equiparando o fascínio dos filmes e estrelas de cinema à dependência de drogas. Quem sabe, essa é apenas a minha opinião.

Eventualmente, quando a Matador pediu para eu assinar com eles, o fato de Yo La Tengo estar na lista deles foi um componente importante da minha decisão. Eles lançam ótimos álbuns a cada dois anos há mais de três décadas, experimentando e explorando o que parece ser uma criatividade sem compromissos. Vale a pena comemorar, especialmente agora, quando qualquer oportunidade de celebração é uma bênção. Feliz aniversário de 25 anos para o Electr-o-pura e obrigado pela música, Yo La Tengo.


Mais recentes

Vídeo: Sleigh Bells - "Locust Laced"

Sleigh Bells estreia um novo single. "Locust Laced" chega acompanhado do anú...

The War on Drugs anuncia novo álbum, I Don’t Live Here Anymore

The War on Drugs retorna com uma nova música, “Living Proof”, e anunciando...

Kurt Vile, Michael Stipe, Iggy Pop, Sharon Van Etten, Courtney Barnett, St. Vincent e outros estão em álbum-tributo ao The Velvet Underground & Nico

No próximo dia 24 de setembro, Verve Records lança I’ll Be Your Mirror: A...

Courtney Barnett anuncia terceiro álbum, Things Take Time, Take Time

A cantora australiana Courtney Barnett lançará seu terceiro álbum solo em...

Vídeo: The White Stripes toca "Fell in Love with a Girl" no Top of the Pops

Nos 20 anos do lançamento do álbum White Blood Cells, The White Stripes...

Big Red Machine anuncia segundo álbum, How Long Do You Think It’s Gonna Last?

Aaron Dessner (The National) e Justin Vernon (Bon Iver) dão continuidade ao seu projeto...

The Vaccines anuncia quinto álbum ‘Back in Love City’

A banda britânica The Vaccines lançou uma nova música, chamada “Back...

Lorde retorna com novo single “Solar Power”

Com um vídeo de clima praiano e ensolarado, Lorde estreou um novo single. “Solar...

Sharon Van Etten e Angel Olsen apresentam “Like I Used To” no The Tonight Show

As cantoras Sharon Van Etten e Angel Olsen se apresentaram no talk show The Tonight Show...

CHVRCHES estreia nova música "How Not to Drown" com colaboração de Robert Smith do The Cure

A banda escocesa CHVRCHES lançará seu quarto álbum em 27 de agosto,...

Duran Duran anuncia seu décimo quinto álbum, FUTURE PAST

Duran Duran aparece com uma nova música, “INVISIBLE”, a primeira amostra do d...

Lana Del Rey estreia três músicas de seu novo álbum

Prestes a lançar Blue Banisters, seu novo álbum, a cantora americana Lana Del Rey...