Biografia

O mineiro Jair Naves despontou na cena underground paulistana com o grupo Ludovic, formado no ano 2000. Antes, ele também fez parte da formação final da banda Okotô. Com o Ludovic, que praticava um hardcore de estilo singular na cena local, o músico lançou os álbuns 'Servil' (2004) e 'Idioma Morto' (2006).

Após o fim do Ludovic em 2008, Jair Naves começou a trabalhar em sua carreira solo. Em janeiro de 2010, ele lançou o EP 'Araguari', que tem o filme "O Caso dos Irmãos Naves" (1967), do diretor Luís Sérgio Person, como influência. O filme narra a história da prisão, tortura e morte dos irmãos Sebastião José Naves e Joaquim Rosa Naves que confessaram um crime que não cometeram, ocorrido na época do Estado Novo no Brasil. Os irmãos eram primos da avó paterna de Jair Naves.

Na sequência do EP 'Araguari', Jair Naves lançou em 2012 o elogiado álbum 'E você se sente numa cela escura, planejando a sua fuga, cavando o chão com as próprias unhas'. O estilo melancólico de suas canções, abordando em suas letras temas como morte e religiosidade, além da sua voz grave, rendeu ao cantor/compositor comparações com Nick Cave, embora que ele assuma Patti Smith e Bob Dylan como suas principais influências.

Em 2015, o artista lançou 'Trovões a Me Atingir'.

São Paulo - Brasil


Artistas Relacionados

playlist_playTop Músicas
playlist_playTop Músicas
playlist_playTop Músicas
playlist_playTop Músicas
playlist_playTop Músicas
playlist_playTop Músicas
playlist_playTop Músicas
playlist_playTop Músicas
playlist_playTop Músicas

Posts Relacionados

Vivendo do Ócio