Biografia

O final dos anos 80, os irmãos gêmeos Simone e Amadeo Pace viajaram do seu país, Itália, para os Estados Unidos para estudarem jazz na conceituada Berklee School of music, em Boston. Com o tempo, os dois irmãos perderam o interesse pelas disciplinas da escola e começaram a se interessar pelo rock. Simone e Amadeo foram para Nova York, onde conheceram Kazu Makino e Maki Takahashi, dois estudantes japoneses de arte. Em 1993, o quarteto formou o Blonde Redhead, com Kazu Makino e Amedeo nos vocais e guitarras, Simone na bateria e Maki Takahashi no baixo.

O Blonde Redhead foi descoberto por Steve Shelley (baterista do Sonic Youth), que produziu e lançou pelo seu próprio selo, o Smells Like Records, o primeiro álbum - 'Blonde Redhead' - da banda, em 1995. Após o lançamento de 'Blonde Redhead', o grupo virou um trio com a saída de Maki Takahashi.

Pelo seu experimentalismo, com uma certa dose de barulho, a música da banda foi comparada ao próprio trabalho do Sonic Youth. Ainda pela Smells Like Records, a banda lançou o álbum 'La Mia Vita Violenta', em 1995.

Em 1996, o Blonde Redhead assinou com a gravadora Touch and Go, onde lançou os discos 'Fake Can Be Just As Good' (1996), 'In an Expression of the Inexpressible' (1998) e 'Melody of Certain Damaged Lemons' (2000).

A partir de 2004, a banda passou a lançar os seus trabalhos pelo selo 4AD Records. 'Misery Is a Butterfly' (2004), '23' (2007) e 'Penny Sparkle' (2010) foram os álbuns seguintes do grupo. Em 2014, pelo selo Kobalt Music, o grupo lançou 'Barragán'.

Nova York - Estados Unidos


Artistas Relacionados

playlist_playTop Músicas
playlist_playTop Músicas
playlist_playTop Músicas
playlist_playTop Músicas
playlist_playTop Músicas
playlist_playTop Músicas

Posts Relacionados

Banks